Acompanhe a ABEFI

Receba novidades por e-mail

Notícias

01/03/2019

Lar Padilha inaugura projeto de capacitação

projeto que prevê preparar adolescentes e jovens para o mercado de trabalho e para a vida adulta

Lar Padilha inaugura projeto de capacitação

“Transformando vidas, protagonizando o futuro: adolescentes e jovens construindo projetos de vida após o acolhimento institucional” é o projeto lançado pelo Lar Padilha, em solenidade realizada, na noite da terça-feira, 26, no Centro Educacional Indio Brasileiro Cesar, com apresentação do grupo Aprendizes, da ONG Vida Breve.

O projeto, que visa oportunizar o aprendizado profissional, preparo pessoal para a inserção no mundo do trabalho e para a vida adulta, dá enfoque a três eixos específicos: Agroecologia, Novas Tecnologias e Comunicação e Comércio e Serviços. A iniciativa prevê atender 40 adolescentes, entre 14 e 17 anos, em acolhimento institucional; 20 jovens, entre 18 e 29 anos, após o desacolhimento institucional, adolescentes em acolhimento ou em situação de vínculos familiares fragilizados e em atendimento em CRAS e CREAS da região do Vale do Paranhana.

Serão oferecidas oficinas de capacitação pessoal, preparo para o mercado de trabalho, oportunidade de desenvolvimento de projetos empreendedores, contato com diferentes profissões, elaboração de projetos de vida, momentos de socialização, de conhecimento e experiências, além da viabilidade da moradia de jovens em Casa República e da sua inserção no mercado de trabalho.

A primeira etapa de cursos e capacitações iniciou na quarta-feira, 27. Ao todo, serão quatro meses de aprendizado que acontecem em dois turnos, tarde e noite, sendo desenvolvidos pelo SENAC/Taquara, conforme apresentado pelas representantes do SENAC, Hellyn de Vera (Soluções corporativas) e Andréia Gabriela Arnold (professora área gestão).

“Serão momentos de muito aprendizado visando a preparação ao mercado de trabalho. Vamos tratar sobre como escolher a profissão ideal, como conquistar o primeiro emprego, sobre faculdade, ENEM, bolsa de estudos, como organizar as finanças pessoais. A partir deste curso, desta oportunidade, o futuro de vocês será brilhante”, afirma Andréia. Após estes quatro meses, os adolescentes e jovens participam de workshop sobre projetos empreendedores e outras atividades que compreendem um ano de conhecimentos e aprendizagens.

Além do SENAC, o projeto engloba diversas parcerias e buscará novas participações. Dentre os parceiros estão SENAI, CIEE, Rotary Clube de Taquara, Lions Clube de Taquara, Faculdades Integradas de Taquara – FACCAT, ONG Vida Breve e Fundação Luterana de Diaconia – FLD.

Lançamento do projeto contou com autoridades da região

A solenidade, em que lançou o projeto “Transformando vidas, protagonizando o futuro: adolescentes e jovens construindo projetos de vida após o acolhimento institucional” foi prestigiada por autoridades.

Participaram o vice-prefeito de Taquara, Hélio Cardoso Neto (representando o prefeito Tito Livio Jaeger Filho); a presidente da Câmara de Vereadores, Sirlei Silveira; o diretor-geral da ABEFI, Pr. Altemir Labes; presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do RS, Jeferson Leon; o secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Anildo Araújo e a presidente do Rotary Clube, Luciana Marcele Herrmann.

Também prestigiaram a solenidade os vereadores Luiz Felipe Luz Lehnen, Magali Silva, Adalberto Soares e Carmem Kirsch; o assessor Adalberto Lemos, representando o deputado Dalciso Oliveira; o presidente da APAE, Claudionir Rocho de Matos; a diretora da Helfen, Suzi de Abreu Costa; os conselheiros tutelares de Três Coroas, Jean da Rosa e Everton Streit; de Gravataí, Cristiane Moreira e de Taquara, Vanderlei Kollet; a coordenadora do CRAS/Taquara, Carolina Brito; integrantes da ONG Vida Breve, educadores, funcionários e acolhidos do Lar Padilha, voluntários e a comunidade.

Em seu pronunciamento o vice-prefeito, Hélio Cardoso Neto, disse, em nome do prefeito Tito, o orgulho da Administração Municipal em ser parceira de mais este projeto. “Um dos propósitos de quem está na vida pública como nós é trabalhar projetos, exatamente assim, que tenham como objetivo mudar vidas, e o Lar faz isso de forma exemplar. Se depender de nós, manteremos e reforçaremos esta parceria sempre”, afirma o mandatário municipal.

A presidente da Câmara, vereadora Sirlei Silveira, diz acompanhar o trabalho do Lar Padilha e a angústia dos trabalhadores da entidade no momento do desacolhimento. “É muito visível a preocupação que todo aquele que está prestando serviço no Lar Padilha tem com relação ao trabalho e a vida que procede após o desacolhimento, por isso a importância deste projeto que dará suporte a estes jovens e adolescentes. É um novo protagonismo e nós teremos sim um futuro muito melhor”, destaca a vereadora.

O diretor-geral da ABEFI, pastor Altemir Labes, salienta que o projeto vem oportunizar o aprendizado, preparar para o mercado de trabalho e dar suporte para a vida adulta e o desacolhimento. “Preparamos oficinas, oportunidades de desenvolvimento, contato com diferentes profissões, queremos trabalhar na elaboração de projetos de vida, de momentos e experiências. Que vocês possam sempre contar com o apoio que precisam para a vida de vocês, contem conosco, o projeto é de vocês, sejam portadores dele. Oportunizando um futuro melhor, uma vida melhor, neste nosso mundo que precisa tanto”, revela o pastor Labes.

Passe adiante
esta notícia
>